Nos últimos anos os fiscais de camiseta de banda ganharam uma nova categoria de atuação: Super-heróis. Desde o início do sucesso dos filmes da Marvel e da DC, constantemente surgem criaturas das mais peculiares para cobrar sua carteirinha de fã, caso você se manifeste sobre algum personagem de quadrinho.

“Gosta de Guardiões da Galáxia é?? Então me diz aí três quadrinhos deles!!”, dizem os fiscais.

E desde que a Bruna Marquezine foi anunciada no próximo filme da DC, é lógico que o Twitter virou um cantinho cheio dessa galera. Eles questionam se Marquezine já leu algum quadrinho do Besouro Azul e a pergunta que faço para essa galerinha bacana é: QUEM LEU?

Brincadeiras à parte, é lógico que o verdadeiro questionamento é porque esse tipo de coisa está sendo cobrado dela. Ela é uma atriz e vai interpretar um papel. PONTO. Se ela leu o quadrinho que fez parte da sua infância ou não (e a gente sabe que não fez porque NINGUÉM LEU BESOURO AZUL), é indiferente.

Esperar que uma leitura de quadrinho seja importante para a construção do personagem é no mínimo ingênuo

A competência de uma profissional como ela não gira em torno do gibi, até porque ela vai apresentar a versão dela e da direção para a interpretação. Achar que a personagem é baseada numa leitura de quadrinho é muito raso. Existe todo um trabalho de produtores e roteiristas na criação da nova versão dela, sem falar na visão que os diretores querem passar.

Independente desse grupo de nerds fiscais, Bruna Marquezine vai estar no filme do Besouro Azul, tendo lido quadrinhos do personagem ou não. E isso é muito legal. E se você aí, jovem tuitero com foto de anime, acha que ela deveria ler um quadrinho do personagem que você gosta, lembre-se de uma coisa: O mundo não é sobre você.

De todo o descontrole que a humanidade tá apresentando recentemente, os clubinhos de fãs de coisas nerds são alguns dos lugares onde mais temos encontrado pessoas ditando como o mundo deve ser. “Tragam de volta meu diretor”, “Jogos não precisam ser acessíveis pois isso estraga a visão do diretor”, “Parem de destruir minha infância”. A internet tá cheia de várias opiniões bem fortes sobre tudo e todo mundo quer consumir exatamente o que eles esperam das coisas.

Mas o que se esconde por trás dessa opinião?

 A série do Cavaleiro da Lua estreou essa semana e Oscar Isaac soltou uma frase sobre o personagem: “Quem diabos é o Cavaleiro da Lua”, disse ele ao ser convidado para o papel. Alguém reclamou disso? Claro que não! E todos nós sabemos o motivo.

Já seguiu o Guia Etuíno de Entretenimento no Instagram? Então é só clicar aqui ou procurar @guia_etuino! Com isso você tem um contato ainda mais próximo com quem escreve por aqui.