Intrusos, de Adrian Tomine, é um quadrinho de 2016, lançado em 2019 no Brasil pela editora NEMO. Ele reúne seis contos distintos sobre situações diferentes vividas por pessoas normais. Apesar de não se aprofundar sobre um tema específico, Intrusos é um quadrinho sobre conflito e medo de reprovação. Situações aleatórias, com pessoas sem nada de especial. Bem como a vida.

Cada história tem seu estilo de arte próprio. Aliás, isso é acréscimo bem bonito ao tom de cada um. Quadros mais abertos, pequenos quadrinhos mais afobados, cores, falta de cor… De forma sutil, acrescenta bastante ao que cada conto se propõe.

No primeiro conto, Breve história da arte conhecida como Hortescultura, acompanhamos um homem frustrado tentando emplacar uma forma de arte diferente, feita com jardinagem e esculturas de argila. Ao mesmo tempo que é bobo, o conto é um drama. Sobre aceitação, frustração e mediocridade.

O segundo é Amber Sweet, que nos apresenta a história de uma jovem estudante confundida com uma atriz pornô. O quão infernal pode se tornar a vida de alguém convivendo constantemente com burburinhos, risadinhas e julgamentos?

Vamos OWLS! é o terceiro conto. Ele apresenta um relacionamento nada saudável entre duas pessoas que tomaram algumas decisões erradas ao longo da vida. Um relacionamento abusivo entre um cara cusão (e criminoso) e uma mulher abatida pela vida.

O quarto conto é Tradução do Japonês. Um conto curtinho e contemplativo, sem diálogos entre os personagens de forma explicita. Aliás, um diálogo interno e melancólico onde a narradora expressa os sentimentos sobre uma situação não muito confortável.

Triunfo e Tragédia, o quinto conto, tem a narrativa mais pesada que os outros. Ele nos apresenta uma adolescente gaga e sua tentativa de entrar no mundo do stand-up. Ao mesmo tempo que nos mostra a relação dela com seus pais, ele conta uma história trágica de maneira sutil. (Meu preferido!)

Intrusos, o último conto, mostra a história de um soldado que busca conforto em seu antigo apartamento. O problema é que esse apartamento já não é mais de sua família há um bom tempo, mas ele segue invadindo o lugar para reviver sua rotina enquanto se esconde dos donos atuais do local.

O quadrinho de Adrian Tomine mostra o lado trágico da vida de uma maneira cômica e leve. Intrusos é sobre não se encaixar, não conseguir se expressar. E ali nas entrelinhas, entre um conflito e outro, também fala sobre como pessoas ao nosso redor podem nos apoiar tanto quanto nos puxar para baixo.

Já seguiu o Guia Etuíno de Entretenimento no Instagram? Então é só clicar aqui ou procurar @guia_etuino! Com isso você tem um contato ainda mais próximo com quem escreve por aqui.