Por Assim Dizer conta a história de Fernando e sua nova fase na vida, depois de uma mudança. A história do jovem começa a ser contada a partir da primeira noite depois de sair do interior para viver na capital e tentar se tornar um artista. O quadrinho é de João Gutkoski, que apresenta os dramas do jovem/cão Fernando de uma forma bem interessante, tudo online.

O quadrinho já me chamou a atenção de cara pela arte. Por Assim Dizer apresenta um visual bem louco, principalmente pelas cabeças de animais. Ver um cachorro e um papagaio com corpos de humanos discutindo a importância do movimento emo foi bem divertido. A linguagem da obra também é bem legal, com diálogos leves e crus, algumas expressões da gurizada de hoje em dia e bastante reflexão sobre a solidão. Afinal, jovens.  

Fernando é um jovem contemporâneo clássico. Seus dilemas variam entre solidão, mudanças e álcool. As roupas, as gírias e as referências em seus sonhos são de causar identificação com muita gente.

Eu conheci Por Assim Dizer pelo Instagram e logo fui parar no site onde as páginas são postadas. O site é atualizado toda semana com
material novo e a história pode ser lida desde o começo em porassimdizer.com.

Gostamos? Gostamos!

Eu (@tiagormenezes) saí do Rio Grande do Sul com 17 anos para estudar, então rola uma identificação com os dramas do Fernando por aqui. Os diálogos lembram meus amigos e o visual meio Hotline Miami me enche de nostalgia. Eu tô gostando MUITO de acompanhar Por Assim Dizer.

Por Assim Dizer pode ser lido de forma gratuita, mas é possível apoiar o projeto para garantir mais recursos para o autor continuar o seu trabalho. Tudo isso pode ser visto em https://porassimdizer.com/sobre/#apoio, ou clicando aqui. 

Já segue o Guia Etuíno no Instagram? Segue lá! Assim você acompanha de perto todos os posts da nossa equipe.