A série da Batwoman finalmente ganhou destaque entre as questionáveis produções da CW com heróis da DC. E foi de uma maneira PÉSSIMA. De acordo com a atriz Ruby Rose, o ambiente do set de filmagens era tóxico e bastante irresponsável com a integridade dos profissionais. Ela denunciou casos de abuso, de lesão e completa falta de cuidados com a saúde física e mental dos atores e atrizes.

De acordo com ela, dois dublês MORRERAM nas produções de Batwoman.

Ruby Rose usou o Instagram para fazer as denúncias e não teve receio nenhum de marcar nomes fortes da CW e da Warner em suas acusações. Ela citou a showrunner Carolie Dries, os produtores Greg Berlanti e Sarah Schechter e o presidente-executivo da Warner Bros. Peter Roth nas denúncias.

Se liga nesse trecho da denúncia:

“Um membro da equipe de produção teve queimaduras de 3º grau por todo seu corpo e não tivemos nem terapia depois de ver a pele cair de seu rosto, mas eu fui a única que mandou flores e cartões para ele e então nos falaram que tínhamos que gravar uma cena de sexo sem um minuto para processar. Perdemos dois dublês, eu tive um corte no meu rosto tão próximo ao meu olho em uma cena de ação que quase fiquei cega. Uma mulher foi deixada paraplégica e eles tentaram culpar o fato dela estar no celular, tanto que a CW nem mesmo ajudou ela de começo porque eles tinham que ‘investigar’ então ela teve que fazer uma campanha de arrecadação na internet… Ela é uma Assistente de Produção, eles trabalham com o celular. O acidente dela ocorreu porque nossa série se recusou a parar de gravar quando todas as outras pararam por causa da Covid.”.

Além de tudo isso, a atriz ainda disse que foi obrigada a trabalhar mesmo no período de recuperação de uma cirurgia bem grave. Uma cirurgia que ela teve que fazer por conta de um acidente no set, inclusive!

Foi muito corajoso por parte da Ruby Rose falar tudo isso, principalmente porque sabemos como essas coisas acontecem. Existe sempre o risco das empresas boicotarem a atriz e no fim ninguém ser punido. Afinal, são ricos influentes e isso geralmente protege essa galera.

E a Warner? Bom, ela respondeu:

“Apesar da história revisionista que Ruby Rose está compartilhando agora nas redes, apontando para os produtores, elenco, produção, rede e estúdio, a verdade é que a Warner Bros. Television decidiu não exercer sua opção de contratar Ruby para a segunda temporada da série com base em várias reclamações sobre o seu comportamento no local de trabalho, que foram extensivamente estudadas e tratadas em particular, em respeito a todos os envolvidos”.

De acordo com a Warner, a atriz foi afastada por mau comportamento. Também foi dito que a demissão de Rose se deu por conta de uma “investigação”, que apontou que diversas pessoas reclamavam do comportamento da atriz. Sobre as outras acusações, a Warner ainda não falou nada. Trabalho obrigatório durante a pandemia, queimaduras graves e acidentes com dublês aparentemente não são tão importantes quanto diminuir a imagem de Ruby Rose.