O céu do litoral de Santa Catarina foi palco de um fenômeno bem curioso nos últimos dias. De acordo com os relatos, uma forte luz cruzou o céu e se apagou a cair no mar perto da praia do Campeche. Algumas autoridades locais realizaram buscas no local, mas nada foi encontrado. A falta de informações sobre o ocorrido gerou diversas teorias e, claro, logo se falou em discos voadores. O estado de Santa Catarina tem sido um prato cheio para os ufólogos nos últimos anos e o caso de Campeche é mais faísca para os curiosos e conspiradores. É muito provável que a luz tenha sido apenas um pequeno pedaço de algo do espaço (lixo espacial ou um meteorito), mas ela foi suficiente para lembrarmos de alguns mistérios interessantes da região.

Os agroglifos do Oeste

Registro de uma das imagens que já apareceram nos campos da cidade

No ano de 2007, um fazendeiro de Ipuaçu encontrou diversas marcas estranhas em uma de suas plantações. Os agroglifos impressionavam por sua perfeição nas formas e pelo tamanho. O fato foi bastante noticiado e diversas autoridades foram até o local, mas nada foi esclarecido. No ano seguinte surgiram novos agrglifos na cidade e isso se tornou algo constante nos últimos anos. Desde 2007, praticamente todo ano, na mesma época, surgem novas marcas em plantações de Ipuaçu. Os agroglifos surgem misteriosamente na cidade até hoje, geralmente no final de outubro. Os casos foram registrados em boletins de ocorrência, mas o mistério nunca foi esclarecido.

Saiba mais aqui.

Os campos de Ituporanga


testemunha mostra a copa das árvores queimadas

Em 1995, um OVNI foi avistado em uma fazenda de Ituporanga, no interior de Santa Catarina. As pessoas que testemunharam o fenômeno viram uma luz forte que se mexia de uma forma estranha e, aparentemente, pousou em um vale afastado de onde elas estavam. Ao chegar no local, não foi encontrado nada além de uma vegetação completamente queimada, desde os campos até as copas das árvores. De acordo com alguns especialistas e autoridades que visitaram o local, o campo estava completamente afetado e a vegetação parecia “envenenada” e morta, mas sem nenhum vestígio de queda de raio, incêndio ou ação humana. Depois disso, diversos casos de avistamento foram relatados.

Saiba mais aqui.

Luzes misteriosas

Janeiro de 2017 foi bem movimentado nos municípios de Água Doce, Irani, Ipumirim e Lindóia do Sul, no interior de Santa Catarina. Diversas luzes misteriosas foram relatadas nos últimos dias do mês, com avistamentos em diversos lugares diferentes. As luzes se moviam de uma forma estranha e sumiam sem deixar rastros.

Saiba mais aqui.

Perseguição aérea

Em 2014, um avião da Gol foi perseguido por algo desconhecido em quando passava pelo litoral catarinense. Um passageiro do avião que ia de Navegantes a São Paulo registrou fortes luzes acompanhando a aeronave por alguns minutos.Apesar do relato e das imagens, foi se falado em balões meteorológicos, mas nada foi esclarecido.

Saiba mais aqui.

Existem diversos outros casos sem explicação no estado de Santa Catarina, mas resolvemos falar apenas de alguns entre os mais marcantes. Não vemos o caso dos últimos dias como algo tão misterioso, mas resolvemos usar isso como pretexto para falar sobre ovnis, pois gostamos bastante de falar sobre isso.