Enfim foi lançado o primeiro trailer do filme live-action do Sonic e muita gente ficou (inocentemente) decepcionada com o que viu. O ouriço azul apareceu meio desengonçado, com olhos estranhos e com uma animação no maior estilo 1999 de personagens digitais. Mas talvez ele não esteja tão mal assim. Grande parte da decepção com o visual do personagem vem da expectativa gerada pelos fãs que esperavam algo semelhante ao que era mostrado no Mega Drive: Um personagem fofo com um toque de malandragem.

Ao longo dos anos o Sonic perdeu bastante daquele mascote bonitinho e maneiro da Sega. Ele emagreceu e ganhou pernas e braços mais longos e uma cara ainda mais jovem. Isso não é necessariamente bom, mas já era esperado que ele não tivesse nada daquele ouriço gordinho de décadas atrás.

Outro fator que não tem ligação nenhuma mas acaba complicando o Sonic do cinema é o lançamento de Detective Pikachu. Ambas as obras são gigantes e as duas estão estreando como live-action. Mas o visual dos Pokémon nos trailer e imagens promocionais está MUITO legal. As técnicas são parecidas, então algo tão bonito quanto um Bulbassauro digital gera uma média de expectativa nas outras animações que são apresentadas na mesma época. Quando algo é tão legal, o restante pode parecer normal em comparação. E quando está pior que o normal então, daí vira piada. Para melhorar, também estão circulando diversas imagens do filme do Rei Leão, e o visual está bem impressionante.

O ano de 2019 está cheio de animações bonitas e algo comum, como o Sonic, acaba sendo prejudicado. Sinceramente, por mais estranho que possa parecer o visual, ele não está tão ruim assim. O problema é que o Sonic tem sido MUITO mal tratado nos últimos anos. Ver algo diferente do que esperávamos acaba fortalecendo uma desconfiança criada pelos anos de jogos ruins e ninguém quer ver o Sonic se afundar ainda mais. Então vamos esperar.

Dá uma olhada no trailer:

Sonic: O Filme estreia dia 14 de novembro no Brasil.